Cases

Adesão à Cooperativa António Sérgio para a Economia Social

Abertos novos horizontes de cooperação e trabalho em parceria

A SPA passou a integrar a recém-criada Cooperativa António Sérgio para a Economia Social (CASES), que surgiu na sequência da extinção do Instituto António Sérgio, em finais do ano passado. A criação desta nova estrutura cooperativa tem em vista um conjunto de acções prioritárias destinadas, nomeadamente, ao reforço das parcerias entre o Estado e o sector social.

A adesão da SPA à CASES foi decidida em assembleia-geral extraordinária realizada no passado dia 29 de Março. Ao integrar esta super-cooperativa, a SPA passa a ter possibilidade de utilizar linhas de crédito bonificado para o desenvolvimento da sua actividade com valores que poderão atingir os 100 mil euros. Por outro lado, integrando a CASES, poderá a SPA trabalhar em parceria com cooperativas de outros sectores, possibilidade que lhe assegurará o acesso regular a bens e serviços em condições mais vantajosas.

A Administração da SPA está convicta de que os tempos que se estão a viver poderão ser encarados de forma mais positiva e prática no quadro dos horizontes abertos para a economia social.

Recorde-se que a Sociedade Portuguesa de Autores nasceu em 22 de Maio de 1925, com o estatuto de cooperativa, o qual se manteve até à actualidade e se manterá no futuro, designadamente para acentuar e aprofundar as vertentes assistencial e mutualista do trabalho desta instituição.

Lisboa, 8 de Abril de 2011