Usuários

Gesac

Direcção do GESAC reuniu em Bruxelas com nova presidência e estratégia para o futuro

Realizou-se em Bruxelas a reunião da Direcção do Grupo Europeu de Sociedades de Autores (GESAC) pela primeira vez presidida por José Jorge Letria, ex-vice-presidente da organização, que viu a sua função agora  confirmada pelos restantes dirigentes com um sublinhado para a importância actual do cargo.


Na véspera decorreu na capital belga um jantar de homenagem e agradecimento a Anders Jassen, ex-presidente da Direcção, e a Robert Ashcroft que cessou funções como vice-presidente. José Jorge Letria elogiou e louvou o trabalho por ambos realizado e entregou-lhes duas placas de louvor e reconhecimento, criadas em Portugal, anunciando que assumiu a presidência num acto de reconhecimento pela importância do GESAC, fortalecida com a aprovação da directiva sobre o direito de autor, aprovada pelo Parlamento Europeu antes das últimas eleições.
 
Na reunião foram analisadas as prioridades e objectivos estratégicos do GESAC e a importância do evento "Meet the Authors", que decorre em Bruxelas no dia 25 de Setembro, sob a presidência de José Jorge Letria que intervirá e que estará acompanhado por Miguel Ângelo, convidado português, no meio de dezenas de autores e eurodeputados de vários países. O presidente fará um discurso no final e terá presente o novo presidente do Parlamento Europeu.
 
Jean-Noël Tronc fez uma análise da situação do GESAC e apresentou algumas propostas quanto ao seu futuro. É urgente, disse, dinamizar a participação dos vários países, ter mais mulheres em funções e procurar formas de cooperação com organizações como a EVA e a ASA. O presidente concordou com estes objectivos e anunciou outros que vão marcar a sua nova função.
 
José Jorge Letria sublinhou a necessidade de se criar uma moderna estratégia de comunicação com os eurodeputados, com o público escolar e com outras instituições e de se preparar convenientemente o acto eleitoral marcado para Maio de 2020. Sublinhou ainda a urgência de se garantir a transposição da directiva do direito de autor nos dois anos que a lei determina.
 
Lisboa, 20 de Setembro de 2019