Usuários

Il_pr_mio_jos_da_ponte_a_marcia_a_08-05-2019_68_

Márcia recebe Prémio José da Ponte e acentua importância das autoras na SPA

 O Prémio José da Ponte de 2019 foi entregue no passado dia 8 ao fim da tarde à cantora-autora Márcia pela qualidade do seu CD "Vai e Vem", editado em 2018. Márcia, que é associada da SPA desde 2001, editou o seu primeiro CD que tem como título o seu nome em 2009.

Márcia nasceu em Lisboa em 1982, estudou pintura na Faculdade de Belas Artes e frequentou também o curso de canto na Escola de Jazz do Hot Clube. O disco agora premiado inclui duetos com Samuel Úria, JP Simões e Salvador Sobral.
 
Na sessão da entrega do prémio usaram da palavra, para além do presidente da SPA, que falou da distinguida e da vida e objectivos da cooperativa, Henrique Amaro, director da Antena 3, e o Dr. Pedro Araújo, do Millenniumbcp, patrocinador dos prémios e da revista "Autores".


 



José Jorge Letria recordou que nas edições anteriores foram premiados os DAMA, Agir, Capicua e Diogo Piçarra e lembrou as razões que levaram a SPA a homenagear José da Ponte, compositor e administrador da cooperativa até ao fim da vida. Aproveitou para a anunciar que por decisão da Administração da SPA, tomada nesse mesmo dia, os galardoados com este prémio podem candidatar futuros projectos ao apoio do Fundo Cultural, porque a distinção constitui já uma confirmação de mérito. Disse também que é importante que mais autoras se associem à SPA para se evitar a desproporção ainda existente entre homens e mulheres sublinhada pelo estudo académico "Perfil do Autor Português". Henrique Amaro referiu os casos de Dina e de Maria Guinot, recentemente desaparecidas e ambas cooperadoras da SPA durante décadas.
 
No final da cerimónia, Márcia cantou três canções, sendo duas do CD premiado.
 
Lisboa, 9 de Maio de 2019