Spa_exposicao_igrejas_caeiro026_02-site

Pesar da SPA pela morte da actriz e autora Carmen Dolores

A SPA manifesta o seu pesar pela morte da actiz e escritora Carmen Dolores, de 96 anos, que era associada da SPA desde 4 de Dezembro de 1994.

Com uma carreira de mais de 60 anos, Carmen Dolores foi figura destacada nas mais importantes companhias portuguesas, tendo-se estreado no cinema aos 19 anos com uma interpretação no filme "Amor de Perdição”, de 1943, de António Lopes Ribeiro. Interveio também nos filmes "Um Homem às Direitas”, de Jorge Brum do Canto, "A Vizinha do Lado”, também de António Lopes Ribeiro e ainda "Camões", de Leitão de Barros.
 
Estreou-se como actriz de teatro em 1945, no Teatro da Trindade, integrada na companhia "Os Comediantes de Lisboa", com um papel em "Electra-A Mensageira dos Deuses", de Jean Giraudoux. Teve também um papel importante na peça "Frei Luís de Sousa", de Almeida Garrett.
 
Foi uma das fundadoras do teatro Moderno de Lisboa, participando como actiz notável em peças de Shakespeare, Strinberg e José Cardoso Pires.
 
Em 1951 passou a intregrar a companhia do teatro Nacional D. Maria II, dirigida por Amélia Rey Colaço. 
 
Na década de 60 participou em dois filmes realizados por José Fonseca e Costa.
 
Em 1998, foi dirigida por Diogo Infante na peça "O Jardim Zoológico de Cristal", de Tennessee Wiliams.
 
Em 2018 recebeu as insígnias de grande oficial da Ordem de Mérito. Foi ainda distinguida com a medalha de Ouro da Câmara Municipal de Lisboa e com o Prémio de Carreira da Academia Portuguesa de Cinema. Foi estreado no Teatro da Trindade o espectáculo "Carmen", baseado nas memórias de quase 60 anos de carreira teatral.
 
Publicou dois livros de memórias, que se impuseram pela qualidade de escrita e pelo equilíbrio e bom gosto da situações e personagens recordadas.
 
Foi uma das maiores actrizes portuguesas do século XX e uma mulher de grande sensibilidade bom gosto. A SPA, cooperativa a que se orgulhava de pertencer endereça à família de Carmen Dolores o testemunho do seu pesar solidário, recordando a importância da sua carreira como grande actriz.
 
Lisboa, 16 de Fevereiro de 2021