Spa-a-cmyk

SPA analisou a situação presente as prioridades da gestão falando também sobre o que deve ser o futuro

 Decorreu em teleconferência, a partir da sede da SPA, a reunião mensal da Direcção e dos restantes corpos sociais da SPA. Foram prestadas informações detalhadas sobre o Plano e Orçamento que será discutido e aprovado na assembleia geral marcada para 21 de Dezembro, sem delegação de votos pelo facto de a mesma decorrer em teleconferência, podendo os cooperadores votar por correspondência ou participando directamente na plataforma digital de acordo com indicações que receberão oportunamente.

O Conselho de Administração informou igualmente sobre o processo de análise em curso acerca dos recursos humanos e da gestão do património edificado da cooperativa, em Lisboa, no Porto e em Reguengos. As conclusões dessa análise serão oportunamente difundidas.
 
A Administração deu ainda informações sobre a reorganização do funcionamento das delegações que passarão a ser menos, cobrindo no entanto todo o território nacional desde o Norte até às Regiões Autónomas. Foi também discutido o apoio assegurado pelo Fundo Cultural a dezenas de projectos apresentados por cooperadores de todo país e de diversas disciplinas. Durante o mês de Dezembro será efectuada uma nova distribuição com os valores disponíveis nesta época do ano.
 
O presidente da Direcção falou da importância da presidência portuguesa da União Europeia a partir de Janeiro, lamentado que o Primeiro-Ministro não tenha ainda tido tempo para receber os dirigentes da cooperativa nos últimos meses, que têm propostas para lhe apresentar. A SPA continuará a lutar como sempre pelo que é justo e indispensável para os autores e para cultura, tendo dado provas indiscutíveis dessa capacidade nestes duros meses de confinamento em que a manutenção dos recursos humanos, o reforço da solidariedade e a ponderação das medidas de gestão em relação ao funcionamento da cooperativa têm estado sempre presentes.
 
Lisboa, 30 de Novembro de 2020