Cabo_verde

SPA celebra em Genebra adesão de Cabo Verde aos principais tratados internacionais sobre Direito de Autor

 A Sociedade Portuguesa de Autores esteve presente em Genebra, no dia 4 de Abril, no evento que celebrou Cabo Verde como o 100º país a aderir aos principais Tratados internacionais em matéria de direitos de autor e direitos conexos, num lugar de destaque atendendo ao papel desempenhado para a concretização deste projecto.

Nesta sessão, que decorreu nas instalações da OMPI (Organização Mundial da Propriedade Intelectual), agência das Nações Unidas com sede naquela cidade, à margem dos trabalhos do Comité Permanente dos Direitos de Autor e Direitos Conexos que a SPA integra como observadora, o Director-geral da OMPI, Francis Gurry, referiu a importância que este exemplo de Cabo Verde tem para os restantes países lusófonos africanos.
O Ministro da Cultura e das Indústrias Criativas de Cabo Verde, Abraão Vicente, expressou a sua satisfação pelo momento e garantiu que o seu país tudo fará para proteger os criadores e para sensibilizar, agora que detém a presidência da CPLP, os restantes países desta Confederação para tão importante matéria.
 
A sessão terminou com uma actuação musical por parte de Solange Cesarovna, autora, artista e presidente da Sociedade Caboverdiana de Música (SCM), entidade que a SPA ajudou a criar.
 
Igualmente assistiram a esta cerimónia representantes do Brasil e de diversos países africanos. A SPA foi representada pela administradora Paula Cunha que, para além de participar nas actividades do Comité Permanente dos Direitos de Autor e Direitos Conexos, teve diversos encontros de trabalho, designadamente com a Directora-geral adjunta da OMPI, Sylvie Forbin e com a equipa da Academia da OMPI. Este organismo de formação vai, pela primeira vez, disponibilizar alguns cursos sobre direito de autor e gestão colectiva em língua portuguesa.
 
Lisboa, 8 de Abril de 2019