Edificios

SPA entra em regime de teletrabalho mas mantém toda a sua operacionalidade

 A Sociedade Portuguesa de Autores, na sequência da recente deliberação do Conselho de Ministros, entra em teletrabalho obrigatório no dia 4 de Novembro, à excepção dos casos em que tal é manifestamente impossível. Nestes casos (Execução pública/delegações, Atendimento, Tesouraria e Apoio logístico) o regime é o que tem sido adoptado para toda a cooperativa nos últimos meses, com equipas espelho e horários desfasados. 

O Conselho de Administração continuará, como sempre, a reunir semanalmente pela forma mais adequada e a Direcção a reunir através de áudio ou vídeo-conferência. O Conselho Fiscal reúne por videoconferência. 
 
Os edifícios da sede e das delegações permanecem com as portas abertas e asseguram todos os cuidados de prevenção que a Direcção Geral de Saúde recomenda, desde as máscaras até à permanente higienização. 
 
A cooperativa continua a manter todos os seus serviços operacionais, à semelhança do que já havia acontecido aquando do confinamento geral e da fase posterior e permanece activa e combativa pela manutenção daquela que é a sua principal razão de existir: servir os Autores e a Cultura, na defesa da liberdade e da soberania que nenhuma pandemia ou outra adversidade imprevisível pode em circunstância alguma pôr em causa.
 
Lisboa, 3 de Novembro de 2020