90anos_site

SPA festejou no dia 22 de Maio, o seu 90º Aniversário

 - Prémio de consagração de carreira para José Luís Tinoco

 No passado dia 22 de Maio, decorreu na Galeria Carlos Paredes, no edifício 2 da SPA, a sessão comemorativa dos 90 anos da fundação da cooperativa.
 
Nesta sessão comemorativa que, como sempre sucede nesta data, é também a do Dia do Autor Português, foram celebrados os princípios e valores que sustentam a criatividade dos autores portugueses, em particular dos cerca de 26 mil que estão associados à SPA e que representam todas as disciplinas criativas.
 
Para além de uma intervenção de fundo de José Jorge Letria, presidente da Direcção e do Conselho de Administração da cooperativa, reeleito para mais quatro anos de mandato, foram entregues as Medalhas de Honra da instituição a António Pinho Vargas, Carlos do Carmo, João Mota, Joaquim Furtado, José Luandino Vieira, José Pacheco Pereira, Júlio Pereira e Maria João Seixas, que celebram o contributo de vários autores para a difusão e prestígio da vida cultural portuguesa e os Prémios Pró-Autor, destinados a instituições que têm contribuído para preservar o nosso património cultural e a obra dos autores de diversas gerações e disciplinas. Serão distinguidos a Biblioteca Nacional de Portugal, a Biblioteca da Universidade de Coimbra, o Cante Alentejano, a Casa da Música, a Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema, o Lisbon & Estoril Film Festival, o Programa “Literatura Agora” da RTP2 e o Festival “Curtas” de Vila do Conde.
 
A cerimónia terminou com a entrega do Prémio de Consagração de Carreira ao compositor, arquitecto e pintor José Luís Tinoco, com uma obra vasta e reconhecida em vários domínios. 
 
No decorrer da cerimónia foi entregue o Grande Prémio de Teatro SPA/Novo Grupo a um texto teatral escolhido por um júri de reconhecida competência. A peça premiada será editada no próximo ano pela Imprensa Nacional-Casa da Moeda e posta em cena no palco do Novo Grupo.
 
Foi ainda lançada a peça de teatro “1958” de António Torrado, com a chancela da Imprensa Nacional Casa da Moeda, evocativa das eleições presidenciais de Junho de 1958 e da figura heróica de Humberto Delgado. 
 
No encerramento da sessão comemorativa dos 90 anos da SPA houve, uma actuação do actor Paulo Pires, uma evocação do centenário da revista Orpheu e dos nomes que projectaram o primeiro modernismo português, com destaque para Fernando Pessoa, Mário de Sá-Carneiro e Almada Negreiros.  
 
Nota: Por lapso, em texto anteriormente emitido sobre a Gala do dia 22 de Maio, o premiado José Luís Tinoco foi identificado como autor da música da canção “E Depois do Adeus” quando o seu autor é, de facto, José Calvário. A SPA lamenta este lapso e manifesta o seu maior apreço pela obra de ambos os compositores.
 
Lisboa, 23 de Maio de 2015