Spa-a-cmyk

SPA mobiliza esforços e reforça apoio solidário aos seus associados

 A SPA tem vindo a aprofundar o plano de medidas excepcionais de solidariedade que apresentou no início do confinamento, com resultados visíveis.

Os adiantamentos atribuídos a autores até ao limite de 50% da média dos últimos três anos atingiram já os setecentos e cinco mil euros (705000€), acorrendo a inúmeras situações de necessidade por parte de associados que viram os seus rendimentos decrescer significativamente. Os adiantamentos destinadas aos editores perfizeram cento e noventa e seis mil euros (196000€).
 
No âmbito do Subsídio de Emergência, cujo fundo, por decisão do Conselho de Administração, havia sido reforçado em cem mil euros (100000€), foram concedidos cerca de 68 mil euros (68000€), a um conjunto relevante e muito variado de pedidos. Relembre-se que o Subsídio de Emergência foi criado por esta Administração em mandatos anteriores sendo destinado aos autores que evidenciem quebras súbitas de rendimentos, permanecendo por isso em risco social agravado, ou situações de doença e emergência médica em relação às quais não conseguem, comprovadamente, fazer face.
 
Também no passado mês de Junho o Fundo Cultural analisou e aprovou 80 projectos das mais diversas áreas criativas, num valor que ultrapassa os seiscentos e cinquenta mil euros (650000€). Os financiamentos respectivos foram entregues aos concorrentes em tempo recorde, contando com o empenho e esforço dos serviços da cooperativa. Esta realidade contribui fortemente para que os criadores se mantenham activos e continuem a trabalhar nas suas criações, aspecto que assume particular importância em tempo de crise.
 
A SPA continuará a fazer os esforços possíveis para garantir a protecção e apoio dos seus associados não deixando de intervir, sempre que necessário, por meios próprios ou junto das autoridades responsáveis, em defesa daquela grande comunidade e da Cultura, designadamente nas situações mais carenciadas. 
 
Lisboa, 10 de Setembro de 2020