Spa-a-cmyk

SPA reduz despesas para vencer a crise

 As sociedades de autores têm vindo a responder ao dramático desafio imposto pela crise pandémica, num esforço sem precedentes, através da adopção de medidas de emergência e de grande rigor. Torna-se indispensável para as sociedades levar a cabo planos de redução da despesa, garantindo o seu normal funcionamento.  

A SPA adoptou um conjunto de medidas de ajuda aos autores que foram oportunamente anunciadas, pondo em prática um rigoroso plano de contenção da despesa. Este plano, a par do esforço de recuperação económica da cooperativa dos últimos anos, permite à SPA encarar com esperança e realismo a possibilidade de ultrapassar, sem danos irrecuperáveis, o cenário alarmante que o país atravessa.
 
Assim, estando em marcha uma ampla reorganização dos serviços, de que são exemplo, entre outros, a extinção ou fusão de departamentos ou a renegociação de avenças, sempre que tal se justifique, a cooperativa continua a evidenciar uma redução acentuada dos custos em áreas importantes. No sector do fornecimento de serviços, foi possível reduzir em mais de 40 por cento o custo mensal das actividades de limpeza, assegurando a mesma qualidade de serviço e uma poupança anual considerável. 
 
Também na área de segurança foi possível uma redução do mesmo nível. As ligações das centrais de intrusão e de incêndio à empresa fornecedora foram mantidas, garantindo-se igual qualidade na vigilância. A poupança alcançada nestas duas áreas rondará os 87 mil euros anuais.
 
Ainda relativamente a outros encargos de manutenção, haverá uma diminuição em sectores relevantes, como as despesas com frota automóvel e combustíveis, consumos de energia e água, ou ainda nos sectores de economato e material de escritório.
 
A SPA saberá encontrar, agora em novo confinamento, as melhores soluções para a crise sanitária, que o país atravessa.
 
Lisboa, 25 de Janeiro de 2021