Governo anuncia reforço dos apoios à Cultura, à Ciência e ao Ensino Artístico em 2019

A SPA congratula-se com o facto de o Primeiro-ministro António Costa ter anunciado em Caminha um aumento significativo de 12 por cento para a Cultura, mais 12 por cento para a Fundação para a Ciência e Tecnologia e mais 25 por cento para o emprego científico, sendo estes valores incorporados no Orçamento de Estado para 2019.

Declarou António Costa que este anunciado reforço de verbas será uma demonstração do que o governo pretende que seja a aposta na criação de mais e melhores recursos humanos em Portugal. Está também previsto o aumento dos valores a atribuir ao Instituto Camões e ao ensino artístico.

A cooperativa dos autores portugueses tem a convicção de ter contribuído com intervenções regulares sobre a situação da cultura para que passe a haver por parte do governo uma atitude diferente sobre este assunto. Porém, a SPA volta a afirmar que, se a questão das verbas é central, a da liderança política do sector não é menor. Como várias vezes foi afirmado, designadamente na gala anual da SPA no CCB, em Março passado, é indispensável que exista uma política sólida e sustentável para a cultura, o que até agora não tem acontecido.

Sabe António Costa e sectores importantes da sociedade Portuguesa que a cultura e a ciência devem ser essenciais na requalificação da política governamental para as áreas do pensamento, da criação e da investigação. Muitos o disseram já nestes últimos dois anos e voltarão a dizê-lo agora. O resultado das eleições legislativas também irá ser marcado pela opção agora anunciada e pelos resultados que dela poderão advir. Continua a ser um assunto que merece análise e debate para poder ser muito mais que uma promessa política.

Lisboa, 28 de Agosto de 2018

Newsletter

Newsletter

    Contactos

    Av. Duque de Loulé, 31
    1069 – 153 Lisboa
    E-mail: geral@spautores.pt