Londres foi em 5 e 6 de Junho Capital Mundial do Direito de Autor com a SPA presente em todas as reuniões

Realizaram-se em Londres, nos passados dias 5 e 6 de Junho, os mais importantes actos anuais da vida das sociedades de autores de todo o mundo, com destaque para a assembleia geral da CISAC, para a assembleia geral do BIEM e para a actividade do Writers and Directors Worlwide. A SPA esteve representada pelo seu presidente, José Jorge Letria, e por Vanda Guerra, directora do Departamento de Relações Internacionais da cooperativa.

Na reunião da Writers and Directors Worldwide, cujo Comité Executivo o presidente da SPA integra, foram definidas as bases programáticas da assembleia geral da organização, marcada para os dias 7 e 8 de Outubro, na Cidade do México, e definidas as formas de organização e de cooperação com as mais importantes sociedades do audiovisual que operam na América Latina. Foi devidamente sublinhado o seu dinamismo e criatividade num continente onde muita coisa se transforma, com a dinâmica de democracias que se aperfeiçoam. José Jorge Letria explicou a natureza da cooperação da SPA com as sociedades do espaço lusófono, apoiada material e institucionalmente pela Organização Mundial da Propriedade Intelectual, agência da ONU sediada em Genebra.

Na assembleia geral da CISAC (Confederação Internacional das Sociedades de Autores e Compositores, com sede em Paris), o compositor francês Jean-Michel Jarre, presidente da confederação, acabado de regressar do Japão, voltou a apelar aos autores e às suas sociedades para se mobilizarem e organizarem para as lutas impostas pelo momento complicado que o mundo enfrenta, lembrando que os autores “têm de fazer mais barulho” e que em relação às grandes companhias e operadores temos que nos lembrar “que somos seus accionistas virtuais”. “Precisamos de mobilizar os autores à escala global, designadamente nas redes sociais e lembrar que o direito de autor é o único capital dos criadores”, acrescentou. Declarou ainda que “é porque a criação não tem preço que o nosso trabalho é tão valioso”. Fez também questão de referir que “uma das nossas prioridades absolutas é a luta pela cópia privada” e que “aproximar a acção da CISAC, da UNESCO e da OMPI deve ser um dos nossos objectivos estratégicos”.

Por seu turno, Lorenzo Ferrero, compositor italiano e presidente do CIAM (Conselho Internacional de Autores de Música), declarou que “temos de valorizar mais o que fazemos pela cultura do que falar de dinheiros e definir quem são os nossos amigos” e recordou que “o público tem a nossa música no coração, mas não tem os autores”. Salientou ainda que “os autores não criam “comodities” mas sim produtos de excelência que nos trazem felicidade”.

Outro dos dirigentes internacionais que intervieram num debate em que também esteve Paul Williams, famoso compositor norte-americano e presidente da sociedade ASCAP, referiu que vivemos uma cultura industrial de produção em que os autores são esquecidos”. Por seu turno, Jean-Michel Jarre fez ainda questão de afirmar “ainda não conseguimos fazer chegar a nossa mensagem às ruas”.

Na noite do dia 5, a PRS, uma das mais importantes sociedades musicais do mundo, criada em Londres, comemorou com um jantar de gala o centésimo aniversário da sua fundação.

A delegação portuguesa teve várias reuniões de trabalho com outras delegações e em particular uma com Mitko Chatalbashev, que é o director operacional do Comité Europeu da CISAC, ao qual José Jorge Letria preside desde final de Abril. Nessa reunião foi salientado o grau de desenvolvimento de sociedades de autores de países como a Geórgia, a Bielorrúsia ou a Arménia, entre outros que integraram durante décadas o espaço soviético. Foram também acertados pormenores relacionados com a participação da SPA, em final de Junho, na assembleia geral do Comité Africano, em Argel, onde José Jorge Letria destacará a acção de cooperação com o espaço lusófono em África e em Timor Leste.

A SPA voltou a ver reconhecido o seu papel internacional como estrutura que promove o diálogo e a cooperação entre sociedades de diferentes continentes com interesses e objectivos comuns.

Lisboa, 11 de Junho de 2014

Newsletter

Newsletter

    Contactos

    Av. Duque de Loulé, 31
    1069 – 153 Lisboa
    E-mail: geral@spautores.pt