A SPA lamenta a morte de Mário Moniz Pereira e recorda-o como autor e fazedor de campeões

A Direcção e o Conselho de Administração da SPA manifestam o seu pesar pelo falecimento do Professor Mário Moniz Pereira, uma das maiores figuras da história do desporto em Portugal, notável fazedor de campeões e dirigente associativo, mas também destacado cooperador desta instituição, à qual aderiu em 1962, passando a cooperador em Fevereiro de 1993, tendo recebido a Medalha de Honra da SPA em 2013.

Mário Moniz Pereira nasceu em Lisboa em 11 de Fevereiro de 1921, foi desportista, designadamente no triplo salto, modalidade em que se tornou campeão nacional, e no voleibol, entre outras modalidades, tendo sido depois treinador de grandes atletas como Carlos Lopes, Fernando Mamede, os irmãos Castro, Aniceto Simões, entre muitos. Foi responsável pelo triunfo olímpico de Carlos Lopes, o primeiro atleta português a ser distinguido com uma medalha de ouro olímpica. Foi também dirigente do Sporting Clube de Portugal e professor durante vinte e sete anos do Instituto Nacional de Educação Física. Foi ainda director do Estádio Nacional entre 1976 e 1983, tendo sido distinguido com algumas das maiores condecorações do Estado Português, com destaque para a Comenda da Ordem do Infante D. Henrique. Era um grande contador de histórias, um inspirado criador de temas musicais, nomeadamente fados, com destaque para “Valeu a Pena”, cantado por Maria da Fé e por outros intérpretes que fizeram dele um dos autores musicais de maior êxito em Portugal.

Criou, há anos, com o apoio da SPA, a Associação de Amizade Portugal-Portugal, que promoveu com regularidade dezenas de colóquios e palestras em que se valorizava a cultura e a identidade portuguesas, em conformidade com o seu sentido patriótico e o seu amor de sempre a Portugal.

Mário Moniz Pereira foi um cooperador activo da SPA, onde várias vezes participou em actividades culturais, artísticas e associativas, tocando mesmo ao piano alguns dos seus temas mais conhecidos. A sua morte representa uma perda de vulto para a vida portuguesa, tanto no plano desportivo como no cultural, não podendo deixar de ser destacado o seu trabalho e talento como autor, estatuto de que se orgulhava e ao qual nunca renunciou. Entre os seus amigos sempre se contaram muitos autores portugueses de várias gerações que hoje lamentam a sua perda e o recordam como um grande contador de histórias, um autor inspirado e um amigo solidário.

A SPA endereça à família do Professor Mário Moniz Pereira e aos muitos atletas com quem trabalhou o testemunho do seu sentido pesar, recordando sempre Mário Moniz Pereira por aquilo que foi também como autor e que valorizou a vida artística e cultural portuguesas.

Lisboa, 01 de Agosto de 2016

Newsletter

Newsletter

    Contactos

    Av. Duque de Loulé, 31
    1069 – 153 Lisboa
    E-mail: geral@spautores.pt