Destaques

Il_manuel_alegre_a_18-11-2014_16a_

Manuel Alegre | Prémio de Consagração de Carreira da SPA

 
 O Prémio de Consagração de Carreira, momento cimeiro da festa do Dia do Autor, que se realizou, no passado dia 20 de Maio, deste ano (22 de Maio é um domingo) foi entregue ao poeta e ficcionista Manuel Alegre, um dos nomes mais destacados da vida literária, cívica e política portuguesa desde meados da década de sessenta do século passado. Manuel Alegre estreou-se em livro com a publicação de "A Praça da Canção" em 1965. Nessa época, o autor encontrava-se na Guerra Colonial em Angola, tendo sido detido pela PIDE.  

Vários poemas de "A Praça da Canção" foram musicados e cantados por nomes como Adriano Correia de Oliveira. Esse livro tornou-se assim um dos símbolos da luta dos Portugueses contra a ditadura de Salazar e Caetano. Também esse facto foi tido em conta na escolha do nome de Manuel Alegre para receber a mais alta distinção anual da SPA em 2016.
 
Deputado durante décadas e duas vezes candidato à Presidência da República, Manuel Alegre é cooperador da SPA e uma das figuras mais activas da vida cultural e política portuguesa, integrando importantes júris literários e tendo vários livros distinguidos em Portugal e no estrangeiro.
 


 

Foram distinguidos com as Medalhas de Honra da SPA, Luís Miguel Cintra, José Barata-Moura, Mário Vieira de Carvalho, Iva Delgado, Carlos Alberto Moniz, Brigada Victor Jara, José Viale Moutinho e Emanuel. Os Prémios Pró-Autor serão atribuídos ao Instituto de Apoio à Criança, à Fundação Àrpád Szenes– Vieira da Silva, a Luís Pinheiro de Almeida, ao “Mundo da Canção” e à Associação Abril
 
Na ocasião foi lançado o livro “Direito de Autor – Que Futuro na Era Digital?” e uma colectânea de peças de teatro de Carlos Tê, entre outros.
 
No final do acto comemorativo actuaram António Manuel Ribeiro e Miguel Ângelo.
 
Lisboa, 21 de Maio de 2016