Pesar da SPA pela morte de Pedro Barroso Cooperador activo na mudança de 2003

A SPA manifesta o seu pesar pela morte aos 69 anos do cantor-autor Pedro Barroso, associado da SPA desde 28 de Fevereiro de 1975 e seu cooperador desde 28 de Julho 1986.

Pedro Barroso foi distinguido com a Medalha de Honra da cooperativa em 22 de Maio de 2017, tendo sido vice-presidente do Conselho Fiscal da cooperativa após a mudança operada nas eleições de Setembro de 2003, que se seguiram a 30 anos de presidência de Luiz Francisco Rebello.

Pedro Barroso, nascido em Riachos, no Ribatejo, licenciou-se em Educação Física, tendo sido professor do ensino secundário. Foi também atleta de alta competição nos 100 e 200 metros.

Foi um dos novos cantores-autores revelados no programa Zip-Zip em 1969. Em seguida foi com José Jorge Letria e António Macedo (já falecido) um do cantores-actores da peça “Breve Sumário da História de Deus”, de Gil Vicente, levada à cena por Carlos Avilez no Teatro Gil Vicente em Cascais. O disco com as canções desse espectáculo foi de imediato apreendido pela PIDE.

Popularizado com canções como “Menina dos Olhos de Água”, de 1987, Pedro Barroso, que também era pintor e editou livros, gravou mais de 20 álbuns ao longo da sua carreira artística. O seu primeiro LP foi “”Lutas Velhas, Canto Novo”, de 1976. “Sou um porta de canções, um artesão de canções”, disse uma vez para classificar o seu percurso e o seu trabalho.

Tanto o Presidente da República como a ministra da Cultura, lamentando a sua morte, salientaram a importância do seu percurso como autor e intérprete de canções integrado nos combates pela democracia.

O último concerto de Pedro Barroso, nascido em 28 de Novembro de 1950, foi realizado em Torres Novas em Dezembro de 2019.

A SPA irá apoiar a edição pela Ovação do seu último disco, que integra várias canções recentes e de despedida.

A SPA lamenta não ter podido acolher os restos mortais do cantor-autor na despedida, como era seu desejo, porque a pandemia que afecta Portugal inviabilizou a utilização do seu auditório por razões ligadas à inconveniência do encontro de um grande número dezenas de pessoas num espaço que por certo contribuiria para a propagação do vírus.

A SPA, recordando também o empenho de Pedro Barroso no processo de mudança operado na cooperativa em Setembro de 2003 e nos quatro anos seguintes, endereça à família de Pedro Barroso, com admiração e afecto, o seu pesar solidário.

Lisboa, 18 de Março de 2020

Newsletter

Newsletter

    Contactos

    Av. Duque de Loulé, 31
    1069 – 153 Lisboa
    E-mail: geral@spautores.pt