Preocupação e tristeza da SPA com o anúncio do fim do Teatro da Cornucópia

A SPA manifesta a sua tristeza e preocupação com o facto de o Teatro da Cornucópia ter anunciado que vai extinguir-se, fazendo cessar toda a sua actividade. Esta decisão representa uma pesada e grave perda para a vida cultural portuguesa, já que a companhia dirigida por Luís Miguel Cintra representou e representa o rigor, a exigência estética, o amor pela palavra, pela memória e pela grande tradição teatral a um nível único e inimitável.

Luís Miguel Cintra – Medalha de Honra da SPA.

Sabe a SPA que o Ministério da Cultura já emitiu um comunicado sobre esta decisão e que vai assegurar durante um ano a disponibilidade do espaço onde a Cornucópia sempre esteve instalada. Sabe também a SPA que Luís Miguel Cintra, numa muito recente entrevista radiofónica, mencionou a falta de condições em geral para que a companhia mantenha a sua actividade e relação com o público.

Ao atribuir a sua Medalha de Honra a Luís Miguel Cintra no passado dia 20 de Maio, na comemoração do Dia do Autor Português, a SPA homenageou o encenador, actor e autor Luís Miguel Cintra e a companhia que tem dirigido ao longo de todos estes anos de forma exemplar com a cenógrafa Cristina Reis.

Pelo palco do Teatro da Cornucópia passaram os grandes textos de vários séculos e milénios, mas também as obras contemporâneas, sempre com uma qualidade interpretativa, de encenação e cenografia notáveis. Por estes motivos, a SPA reafirma a sua preocupação e tristeza, sabendo que o exemplo e a obra do Teatro da Cornucópia não serão esquecidos, e formula votos no sentido de que a situação de saúde de Luís Miguel Cintra não o impeça, ao nível que for adequado, de continuar a enriquecer e a valorizar, como sempre fez, a cultura portuguesa.

Lisboa, 16 de Dezembro de 2016

Newsletter

Newsletter

    Contactos

    Av. Duque de Loulé, 31
    1069 – 153 Lisboa
    E-mail: geral@spautores.pt