SPA com grande destaque no Comité Africano da CISAC

A SPA participou no Comité Africano da CISAC (Confederação Internacional das Sociedades de Autores e Compositores), que decorreu na capital da Costa do Marfim, Abidjain, entre os dias 22 e 25 e que contou com a presença de 51 participantes, 29 sociedades de autores, 27 países africanos e um país europeu (Portugal). Estiveram presentes ao longo dos trabalhos, o Director-geral da CISAC, Gadi Oron, a representante da OMPI, Carole Streul, assim como representantes de outras organizações internacionais com intervenção em África (ARIPO, OAPI, PACSA).

É a primeira vez que apenas uma sociedade de autores europeia é convidada para estar presente e essa honra coube à cooperativa dos autores portugueses como reconhecimento pelo trabalho que tem vindo a ser desenvolvido no âmbito do projecto lusófono, de forma considerada exemplar.

A SPA esteve representada pela administradora Paula Cunha que, para além de diversas intervenções durante os trabalhos do Comité Africano também participou numa acção de formação organizada pela Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI) onde efectuou uma comunicação sobre a gestão multiterritorial do digital.

Os trabalhos foram oficialmente inaugurados numa sessão que decorreu no palácio do Governador de Abidjan e que foi precedida de uma reunião de cortesia com o ministro da Cultura e da Francofonia da Costa do Marfim e com o ministro da Cultura, das Artes e do Turismo do Burkina Faso, na qual participou a administradora da SPA.

No encerramento do Comité Africano, a SPA apresentou um vídeo com a síntese do trabalho desenvolvido até ao momento sobre o projecto lusófono que, de forma emotiva, mereceu um forte aplauso generalizado e que será divulgado, a pedido do Director-geral da CISAC, no site e nas redes sociais desta Confederação mundial e das outras sociedades de autores presentes.

Entre outros assuntos tratados à margem deste evento pela representante da SPA, ficou acordada a celebração de um protocolo de cooperação entre a SPA e a ONDA (sociedade de autores da Argélia e membro da Direcção da CISAC). Este acordo, a ser assinado ainda este ano, vai permitir efectuar intercâmbios culturais entre ambos os países, designadamente a organização de um festival lusófono em Argel e de outra iniciativa semelhante em Lisboa com autores e artistas argelinos.
Foi igualmente acordado que a CISAC irá financiar uma acção de formação a ocorrer em Lisboa, em Novembro, organizada pela SPA para os países lusófonos, designadamente Cabo Verde, Angola, Guiné-Bissau e Moçambique.

Na eleição para o novo comité executivo, obrigatória nos termos dos respectivos estatutos, foram eleitas as sociedades de autores da África do Sul, do Burkina-Faso, do Congo, de Marrocos, de Madagáscar e do Uganda. Para a presidência do Comité Africano foi eleita a sociedade de autores da África do Sul – SAMRO.

A presidente do Comité Africano, Irene Vieira, que agora termina o seu mandato, agradeceu a presença da SPA e referiu de forma enfática a importância do projecto lusófono promovido pela cooperativa dos autores portugueses cujo desenvolvimento tem sido visível.

Irene Vieira fez igualmente questão de destacar que a SPA tem estado sempre disponível para ajudar o próprio comité executivo do Comité Africano e outras sociedades do espaço francófono e anglófono, o que considerou um exemplo de cooperação.

Lisboa, 27 de Julho de 2018

Newsletter

Newsletter

    Contactos

    Av. Duque de Loulé, 31
    1069 – 153 Lisboa
    E-mail: geral@spautores.pt