SPA disponível para o diálogo com a nova Ministra da Cultura

Portugal passou a ter como ministra da Cultura a até agora secretária de Estado Graça Fonseca, que foi vereadora da Câmara de Lisboa e conhece bem, como jurista e socióloga, a Administração Pública no nosso país. A responsabilidade governativa nesta área deixou de estar nas mãos do diplomata Luís Filipe Castro Mendes, que, como a SPA repetidamente afirmou, não conseguiu dar a este sector as respostas esperadas e devidas.

Mais do que dinheiro, falta para esta área uma política que seja sustentável e mobilizadora e dê a autores, artistas e organizadores as condições de que necessitam para poderem realizar o seu trabalho e poderem corresponder às expectativas do público. Mais do que ter um ministro da Cultura, que é sempre indispensável, Portugal precisa de ter uma consistente política para a Cultura.

A situação na área da Cultura tornara-se insustentável. A substituição efectuada pelo Primeiro-Ministro António Costa é reveladora da preocupação de quem prometeu que Portugal, com o seu governo, iria ter um ministro e uma política para o sector. A SPA mostrou o seu empenho e combatividade, em representação dos interesses dos seus cerca de 25 mil associados de todas as disciplinas e de todos os pontos do país. As exigências e as expectativas da SPA mantêm-se.

A SPA está inteiramente disponível, como sempre esteve, para conversar com a ministra Graça Fonseca, na convicção de que a sua experiência de gestão e decisão política a deixarão em condições de decidir bem e de fazer com que, na sua imensa diversidade, a actividade cultural seja um efectivo factor de crescimento, de fortalecimento da cidadania e de plena realização da capacidade criativa de autores e artistas. Todos desejam que assim aconteça.

Sem a pujança da vida cultural, Portugal fica mais pobre e menos apelativo. A ministra Graça Fonseca sabe que as vozes deste sector devem ser ouvidas e levadas em consideração para que as decisões tomadas sejam justas e contribuam para o reconhecimento de quem representa adequadamente o sector e as legítimas expectativas de quem o dinamiza.

Lisboa, 16 de Outubro de 201

Newsletter

Newsletter

    Contactos

    Av. Duque de Loulé, 31
    1069 – 153 Lisboa
    E-mail: geral@spautores.pt