A SPA dinamiza a sua intervenção na Economia Social

A Sociedade Portuguesa de Autores tem vindo a intensificar a sua participação na esfera das organizações da economia social, atendendo à relevância que lhe confere o facto de ser uma cooperativa que representa mais de 27.000 autores portugueses.

Desta forma, encontra-se já marcada uma reunião entre o presidente da SPA, José Jorge Letria, e o presidente da CASES (Cooperativa António Sérgio para a Economia Social) com o intuito de debaterem projectos comuns bem como a melhor forma para se dinamizar a participação da SPA naquela organização que congrega o sector cooperativo. Em análise poderão estar a apresentação de candidaturas ao Portugal 2020, ao programa da União Europeia Europa Criativa, assim como outras formas de apoiar a actividade dos criadores nacionais.

Por outro lado, a SPA também tem estabelecido contactos com outras organizações da economia social, estando prevista submeter à apreciação da sua Assembleia geral a integração na CONFECOOP (Confecoop – Confederação Cooperativa Portuguesa) que igualmente integra a CASES e que faz parte do Conselho Económico e Social.

Recorda-se que a economia social, ou “terceiro sector” como também é chamada, contribui com 5,5% do emprego remunerado, com 3.8% para o PIB em trabalho voluntário, envolve 55.300 entidades e representa 4.6% do total das remunerações pagas na economia, de acordo com dados tornados públicos aquando do evento “Portugal Economia Social”, realizado em Maio do corrente ano e que contou com a participação da SPA.

Lisboa, 29 de Setembro de 2016

Newsletter

Newsletter

    Contactos

    Av. Duque de Loulé, 31
    1069 – 153 Lisboa
    E-mail: geral@spautores.pt