Directora-Geral Adjunta da OMPI, Sylvie Forbin, aplaudiu trabalho da SPA e o investimento na cooperação lusófona

A directora-geral adjunta da Organização Mundial da Propriedade Intelectual, a diplomata Sylvie Forbin, esteve em Lisboa, com o apoio e acompanhamento da SPA para vários actos e reuniões, tendo sido recebida pelo ministro da Cultura, reunido com a Direcção do Instituto Camões, com vários editores e também de forma disponível e empenhada com a SPA. Por seu desejo, no dia da partida ainda fez questão de visitar a Feira do Livro, por ser um evento e um sector que estão directamente ligados à sua actividade como dirigente da Organização Mundial da Propriedade Intelectual, com sede em Genebra, que é uma importante agência das Nações Unidas com regular intervenção em todo o mundo.

Numa conferência de imprensa realizada na SPA, Sylvie Forbin elogiou a actividade de apoio à criação artística e cultural e de promoção da cultura e em particular o trabalho da cooperativa dos autores portugueses no sentido da criação de uma sustentável rede lusófona de sociedades que representem e fortaleçam o peso da lusofonia em vários continentes.

Recordou Sylvie Forbin, com ampla e diversificada experiência internacional, que “pode ser muito importante a criação de uma Confederação Lusófona de Sociedades de Autores”, pois “deverá ser uma plataforma capaz, nesta sociedade global e crescentemente digital, que valorize o que as várias estruturas que representam os autores têm em comum, ao mesmo tempo que enriquece e difunde o património da língua comum, com crescente representatividade junto dos organismos internacionais”.


 Numa reunião com José Jorge Letria, presidente da SPA, a directora-geral adjunta da OMPI sublinhou o seu apoio ao trabalho da cooperativa dos autores portugueses, cuja crescente presença internacional valorizou, e chamou ainda a atenção para a importância da formação de quadros e para difusão das obras dos autores. 


 O presidente da SPA pô-la ao corrente da intensa actividade da cooperativa em vários domínios e designadamente do trabalho de edição, de colaboração com televisões e rádios e de apoio ao trabalho criador por via do Fundo Cultural. Ambos acentuaram a necessidade destas instituições trabalharem conjuntamente de forma sempre dinâmica e solidária. 


 Lisboa, 8 de Junho de 2018

Newsletter

Newsletter

    Contactos

    Av. Duque de Loulé, 31
    1069 – 153 Lisboa
    E-mail: geral@spautores.pt