SPA celebrou centenário de Jorge de Sena com a presença de uma filha do escritor

SPA celebrou com uma sessão evocativa, no passado dia 5 ao fim da tarde, a importância da obra do escritor Jorge de Sena, que foi beneficiário e depois cooperador desta instituição entre 1958 e a data da sua morte em Abril de 1978. Assim se assinalou a passagem do centenário do nascimento escritor, que voltará a ser evocado na gala do CCB/RTP2, em Março de 2020. 

 A obra de Sena foi analisada pela investigadora e crítica da Universidade de Coimbra Teresa Carvalho, que tem integrado, na área da Literatura, o júri das galas da SPA. A sessão contou a presença de Isabel de Sena, filha de Jorge de Sena e Mécia de Sena e professora de literatura nos Estados Unidos, que aceitou participar na sessão e que falou da obra e da vida do pai de forma muito serena e motivadora para os leitores de hoje e de sempre. Isabel de Sena tem trabalhado na obra do pai, sendo, por expresso desejo do pai, a mandatária da família para esta função.

 Recorde-se que Jorge de Sena foi trasladado em 11 de Setembro de 2009 para o Talhão dos Artistas do Cemitério dos Prazeres.
 Na sessão da SPA foi amplamente referida a genialidade o autor, que faleceu com 58 anos em 4 de Junho de 1978.

O realizador Luís Filipe Rocha, que fez um filme sobre “Sinais de Fogo”, de Jorge de Sena, falou sobre o escritor e sobre a sua relação com ele.

Lisboa, 6 de Novembro de 2019

Newsletter

Newsletter

    Contactos

    Av. Duque de Loulé, 31
    1069 – 153 Lisboa
    E-mail: geral@spautores.pt