SPA lamenta a morte do cantor e autor Luiz Goes

A Direcção e o Conselho de Administração da SPA lamentam o falecimento, ontem, em Mafra, do cantor e autor Luiz Goes, nascido a 5 de Janeiro de 1933, em Coimbra, e sem dúvida um dos nomes mais representativos da história da música portuguesa na segunda metade do século XX, facto que foi por vezes injustamente esquecido.

Luiz Goes era associado da SPA desde Maio de 1957.

Médico de formação com a especialidade de Estomatologia, Luiz Goes foi autor e intérprete de fados de Coimbra e de muitos outros temas que, partindo daquela tradição musical e poética, representaram um estilo e um caminho próprios e inconfundíveis.

Companheiro e colega de liceu de José Afonso em Coimbra, Luiz Goes, a par da sua actividade clínica, gravou discos e realizou espectáculos em numerosos países. Foi agraciado com a Ordem do Infante Dom Henrique, com a Medalha de Ouro da cidade de Coimbra, com o Prémio Amália Rodrigues, em 2005, na categoria Fado de Coimbra, e com a Medalha de Mérito da Câmara Municipal de Cascais, terra na qual viveu uma boa parte da sua vida e da qual a sua mãe era natural. Luiz Goes assumiu sempre, na música e fora dela, uma posição de resistência à ditadura de Salazar e Caetano, sendo um homem convicto, solidário e fraterno. Uma das suas últimas intervenções públicas foi na SPA, numa sessão evocativa da vida e obra de José Afonso.

A SPA manifesta à família de Luiz Goes o seu mais sentido e solidário pesar.

Lisboa, 18 de Setembro de 2012

Newsletter

Newsletter

    Contactos

    Av. Duque de Loulé, 31
    1069 – 153 Lisboa
    E-mail: geral@spautores.pt