SPA propõe candidatura Lusófona à Presidência da CISAC

O presidente da SPA propôs aos seus homólogos de todas as sociedades de autores do espaço lusófono o estabelecimento de um consenso quanto à apresentação da candidatura de um autor lusófono para a presidência da Confederação Internacional de Autores e Compositores (CISAC), com o objectivo de reforçar, a nível mundial, a presença e a afirmação da nossa língua comum.


O novo presidente da CISAC, que substituirá o britânico Robin Gibb (dos “Bee Gees”), entretanto falecido, será eleito na Assembleia Geral da CISAC a realizar em Washington, no início de Junho próximo. Serão também eleitos dois vice-presidentes (anteriormente existia apenas um).

Até ao momento, as candidaturas mais fortes são as do compositor francês Jean-Michel Jarre e do compositor norte-americano Paul Williams. No entender da SPA, o perfil adequado a esta candidatura seria o de um autor-intérprete brasileiro com amplo reconhecimento internacional.


Recorde-se que, por iniciativa da SPA, nasceram em em finais de 2009 os Encontros Lusófonos de Sociedades de Autores, com edições já realizadas em Lisboa, Rio de Janeiro e Maputo, estando em fase de criação o Comité Lusófono da CISAC. A candidatura agora proposta à presidência da CISAC inscreve-se nesta dinâmica de afirmação internacional da língua portuguesa.


Recorde-se, igualmente, que a SPA se disponibilizou para apoiar a criação de uma sociedade de autores em Timor Leste.

Saudações cooperativistas,

Lisboa, 27 de Fevereiro de 2013

Newsletter

Newsletter

    Contactos

    Av. Duque de Loulé, 31
    1069 – 153 Lisboa
    E-mail: geral@spautores.pt