Votos para um 2019 com paz, saúde e criatividade com a cultura a humanizar as nossas vidas

Em meu nome e no dos corpos sociais da SPA -os que agora terminam o mandato e os que o assumem nos primeiros dias de Janeiro- quero desejar aos cooperadores, aos trabalhadores da cooperativa e ao público em geral um ano de 2019 com muita paz, saúde e criatividade.

O direito de autor enfrenta tempos de profunda incerteza e instabilidade na Europa e no mundo, situação que poderá vir a agravar-se com as eleições para o Parlamento Europeu e com a agudização de conflitos e tensões internacionais que nada nos garante que se encaminhem para soluções de diálogo e consenso.

O direito de autor é um direito constitucional que tem feito justiça aos criadores de todas as disciplinas, idades e regiões geográficas. A exploração das obras protegidas pelas grandes plataformas digitais multinacionais que utilizam os conteúdos para melhor poderem veicular imensos caudais de publicidade não tem parado de se agravar, levantando problemas jurídicos, sociológicos, tecnológicos e culturais para os quais é urgente encontrar respostas e novas plataformas de abordagem e de inadiável reflexão.

Vivemos momentos difíceis. Com a maior votação de sempre na sua história, a SPA tem uma nova equipa para dirigir os seus destinos no quadriénio 2019-2022. Vamos viver tempos complexos sempre pontuados por novos desafios. O estudo “O Perfil do Autor Português” aponta para a necessidade de se criarem condições de profissionalização do trabalho criador. Não será fácil, mas deve ser uma meta para o trabalho de quem, em Portugal , lida com os assuntos da cultura e da sua relação com a comunidade.

Em 2019, a SPA tudo fará para que a cultura tenha, na acção do governo, a importância e a dimensão estratégica que lhe tem sido recusada. Ter um ministro da Cultura é importante, mas mais importante é ter uma política cultural com a indispensável sustentabilidade financeira. Continuaremos a premiar quem merece o reconhecimento e o estímulo e a criticar quem é merecedor da crítica e pode fazer dela um estímulo para trabalhar com melhores resultados.

O poder político sabe que a SPA está atenta e nunca opta pelo conforto do silêncio táctico quando não lhe convém erguer a voz pelo que é justo e urgente. Falaremos sempre que a nossa consciência e o nosso trabalho o imponham.

Aos milhares de autores que representamos, às suas famílias e aos trabalhadores da cooperativa desejamos saúde, paz e uma dinâmica criativa que torne melhor a vida de todos, com mais rendimento, mais justiça social e mais solidariedade. Juntos seremos sempre capazes de chegar mais longe, nunca fechando as portas ao sonho e à imaginação.

Com afectuosas saudações cooperativistas,

Newsletter

Newsletter

    Contactos

    Av. Duque de Loulé, 31
    1069 – 153 Lisboa
    E-mail: geral@spautores.pt