Museu Nacional de Arqueologia foi distinguido com o Prémio Internacional “Genio Protector da Colonia Augusta Emerita”

O Museu Nacional de Arqueologia foi distinguido com o Prémio Internacional “Genio Protector da Colonia Augusta Emerita”, atribuído pela Fundação de Estudos Romanos e pelo Grupo de Amigos do Museo Nacional de Arte Romano de Mérida, em Espanha.

O anúncio foi feito hoje, pela Direção-Geral do Património Cultural (DGPC), num comunicado que destaca igualmente a distinção, com o mesmo prémio, do arqueólogo francês Patrick le Roux, de 71 anos, catedrático jubilado da Universidade Paris XIII.

Este prémio distingue o trabalho de personalidades, meios de comunicação, académicos e investigadores, em “prol do conhecimento e conservação do património histórico, cultural e arqueológico do mundo romano, e em especial de Mérida [na Extremadura española], bem como a divulgação do Museo Nacional de Arte Romano”, naquela cidade.

Nesta 22.ª edição, o galardão “reconheceu especialmente a ligação entre os dois museus nacionais e particularmente os trabalhos transfronteiriços no domínio da Arqueologia e da Museologia Arqueológica, que ambas as instituições e as suas equipas têm realizado ao longo das últimas décadas”.

20 de Agosto de 2015

Newsletter

Newsletter

    Contactos

    Av. Duque de Loulé, 31
    1069 – 153 Lisboa
    E-mail: geral@spautores.pt