Pesar da SPA pela morte de Charles Aznavour

A SPA manifesta o seu pesar pela morte, aos 94 anos, na sua residência no sul de França, de Charles Aznavour, um dos mais importantes e produtivos autores e intérpretes de canções do século XX e do início do século XXI.

Em mais de 70 anos de carreira, Aznavour criou mais de 1.400 canções em seis línguas e realizou milhares de concertos por todo o mundo. Foi também um actor de talento em importantes filmes da cinematografia francesa de várias épocas. Era um autor muito consciente dos direitos dos criadores, tendo juntado sempre a sua voz às exigências da sociedade de autores francesa SACEM pela defesa dos direitos e interesses dos autores. Entre muitas outras, com destaque para “She”, “Hier Encore”, “La Bohème e “Il Faut Savoir”, Charles Aznavour também compôs “Aie Mourrir Pour Toi” para ser cantada por Amália Rodrigues, que muito admirava e de quem foi amigo.

Filho de emigrantes arménios, nasceu em Paris em 22 de Maio de 1924. Em 2008 foi-lhe concedida a nacionalidade arménia e aceitou o convite para ser embaixador daquele país na Suíça.

Quase todos os grandes intérpretes do século XX, de Frank Sinatra a Dean Martin, passando por Elton John e Bryan Ferry, entre outros, cantaram e gravaram canções por ele compostas.

Em 2008, Charles Aznavour actuou em Lisboa e recebeu a Medalha de Honra da SPA. O cantor e actor tem uma estrela no Passeio da Fama, em Hollywood.

Lisboa, 1 de Outubro de 2018

Newsletter

Newsletter

    Contactos

    Av. Duque de Loulé, 31
    1069 – 153 Lisboa
    E-mail: geral@spautores.pt