Prémio da Lusofonia e do Direito de Autor entregue em Paris ao Presidente da SPA entre dezenas de figuras unidas pela Língua portuguesa

prémio do Instituto do Mundo Lusófono, sediado em Paris, foi atribuído no passado dia 27, no Café de la Paix, na capital francesa, para o domínio da lusofonia e da defesa do direito de autor a José Jorge Letria, autor de uma vasta obra, presidente da Direcção e do Conselho de Administração da SPA, reeleito em Novembro passado para mais um mandato de quatro anos, e ainda vice-presidente do Grupo Europeu de Sociedades de Autores, sediado em Bruxelas.

Entre os premiados desta edição dos Prémios do Mundo lusófono encontravam-se os jornalistas e escritores Judite de Sousa e José Rodrigues dos Santos, o maestro Álvaro Cassuto, o escultor Francisco Simões, o escritor Mia Couto e o arquitecto Álvaro Siza Vieira, para além do fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado e de sua mulher, do actor brasileiro Lima Duarte e da estilista Fátima Lopes. Vários prémios foram atribuídos a criadores, instituições e cientistas brasileiros e também a personalidades e instituições de Angola, Moçambique e Cabo Verde.

José Jorge Letria foi apresentado por Jean-Noel Tronc, CEO da sociedade de autores francesa SACEM, a mais antiga do mundo, que destacou o seu trabalho de décadas como escritor, músico e dramaturgo com obra traduzida em mais de uma dezena de idiomas. Falou igualmente do esforço intelectual e institucional que ele representa no que toca à promoção da lusofonia como espaço de encontro e de trabalho comum. Realçou igualmente o seu empenho na defesa dos valores da cidadania e da liberdade e o combate pela defesa dos direitos de autor num mundo global em incessante transformação. Apontou-o ainda como uma figura de referência da luta de dezenas de países pela defesa da criação intelectual e dos direitos dos criadores, designadamente no mundo digital. Referiu por último o trabalho por ele realizado durante quatro anos como presidente do Comité Europeu de Sociedades de Autores da CISAC.

Isabel Oliveira, presidente do Instituto do Mundo Lusófono e professora da Sorbonne apresentou os grandes objectivos estratégicos da instituição e entregou medalhas de honra da instituição a destacadas figuras portuguesas, caso de Maria de Belém Roseira, brasileiras e de outros países lusófonos.

 Lisboa, 6 de Março de 2019

Newsletter

Newsletter

    Contactos

    Av. Duque de Loulé, 31
    1069 – 153 Lisboa
    E-mail: geral@spautores.pt