SPA celebrar o Dia da Língua Portuguesa e Recorda o Alcance do projecto de cooperação lusófona

A SPA congratula-se com a comemoração, no passado dia 5, em vários pontos do mundo, do Dia da Língua Portuguesa e da Cultura na Lusofonia, sublinhando a importância e a oportunidade das palavras de António Guterres, secretário-geral da ONU, em Nova York, e do Presidente Marcelo Rebelo de Sousa acerca do tema. Ambos sublinharam o facto de os 260 milhões de falantes da nossa língua serem um símbolo da diversidade neste mundo global e também uma via importante para o diálogo e cooperação entre países, povos e civilizações.

“É necessário dizer que nós na CPLP nos orgulhamos da nossa diversidade, reconhecemos que as nossas próprias sociedades são multi-étnicas, multiculturais, multi-religiosas e que isso é um bem , não uma ameaça, e que isso deve ser valorizado, afirmado e que isso deve ser uma lição para outras partes do mundo, outros povos, outras culturas. E penso que a CPLP tem aqui um papel desempenhar”- afirmou António Guterres no passado sábado nos Jardins da ONU, em Nova York. Condenou ainda, neste tempo conturbado e pouco solidário, expressões de racismo e xenofobia e falou da lusofonia como um símbolo da diversidade também na instituição que lidera.

Esta data foi assinalada e festejada em várias cidades e países cumprindo assim a vontade do governo português desde 2009. Também em Lisboa decorreram importantes actos comemorativos aos quais a SPA teve oportunidade de se associar, tendo em conta o seu empenho na valorização deste património que o futuro deverá engrandecer, pelo facto de o português ser o quinto idioma mais falado no mundo.

A SPA recorda que desde 2014 está a dinamizar um ambicioso projecto de cooperação lusófona e que, nesse âmbito, tem apoiado as sociedades de autores de Angola (UNAC), de Cabo Verde (SOCA), de Moçambique e de Timor Leste, entre outras. Em Outubro de 2016, a SPA apresentou e fez aprovar no Rio de Janeiro um manifesto sobre a importância da lusofonia, que foi assinado por sete sociedades de autores brasileiras de todas as disciplinas e teve grande destaque mediático.

Neste momento, a SPA está empenhada, com sociedades brasileiras e outras da lusofonia na criação da Confederação Lusófona de Sociedades de Autores.

Refira-se o facto de esta acção da SPA ser regularmente louvada e incentivada por sociedades e organizações internacionais, sendo apontada como um exemplo e uma referência para o universo da gestão colectiva do direito de autor.

A SPA tem o objectivo de poder criar com a RTP um espaço internacional de comunicação com as sociedades existentes nos países que têm o português como língua oficial.

As palavras de António Guterres e de Marcelo Rebelo de Sousa deram à data e à lusofonia o destaque e a relevância que por todas as razões merecem.

Lisboa, 7 de Maio de 2018

Newsletter

Newsletter

    Contactos

    Av. Duque de Loulé, 31
    1069 – 153 Lisboa
    E-mail: geral@spautores.pt