SPA cria prémio anual para jornalismo cultural

A SPA decidiu criar, com periodicidade anual, o Prémio SPA de Jornalismo Cultural passará a ser atribuído a um jornalista que se tenha destacado durante anos, em qualquer órgão de comunicação social, pela competência, dedicação e qualidade com que trata temas da actividade artística e cultural, seja qual for a área de expressão e a forma como se materializa.

A escolha do premiado será efectuada todos os anos pelos corpos sociais da SPA que reúnem as condições de representatividade e de pluralidade indispensáveis para uma escolha adequada do distinguido. O prémio constará de um valor pecuniário e de um troféu e será atribuído ainda este ano pela primeira vez, alargando o número de áreas que a SPA distingue para valorizar a cultura e quem a defende e promove.

Para além dos prémios atribuídos na gala anual transmitida televisivamente, a SPA atribui, no primeiro semestre do ano, os prémios Pedro Osório, Igrejas Caeiro de rádio e José da Ponte para jovens criadores musicais. Existe ainda um prémio de literatura autobiográfica e de memórias com o nome de António Alçada Baptista até agora atribuído uma única vez a um livro de memórias de António Cartaxo. A estes prémios somam-se os atribuídos na gala anual que cobrem todas as áreas de criação cultural e artística e que são cerca de duas dezenas e meia.

Lisboa, 27 de Setembro de 2016

Newsletter

Newsletter

    Contactos

    Av. Duque de Loulé, 31
    1069 – 153 Lisboa
    E-mail: geral@spautores.pt